Notícias

Pesquisa busca identificar perfil do jornalista brasileiro



jornalista brasileiro

jornalista brasileiro



Os jornalistas brasileiros já podem participar do mais amplo levantamento sobre o perfil da profissão já feito no país, respondendo um questionário, fruto do projeto de pesquisa, do Núcleo de Estudos sobre Transformações no Mundo do Trabalho da Universidade Federal de Santa Catarina (TMT/UFSC). A iniciativa é apoiada pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Fórum Nacional de Professores de Jornalismo (FNPJ) e Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor).

Os resultados obtidos com a participação espontânea dos profissionais serão comparados a dados colhidos junto a 1.102 jornalistas, uma amostra selecionada entre mais de 92 mil nomes de registrados em funções jornalísticas, em relações fornecidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego. É a primeira vez que uma pesquisa com jornalistas brasileiros vai comparar dados de websurvey com levantamentos por amostragem.

 “O uso de internet para a realização de pesquisas quantitativas ainda é recente no Brasil”, observa o coordenador da pesquisa, o professor Jacques Mick, do Departamento de Sociologia e Ciência Política da UFSC. “Não temos como saber, a priori, se a participação espontânea dos jornalistas com acesso à internet corresponderá à distribuição do conjunto da categoria. Por isso, optamos por comparar os dados obtidos por meio de duas estratégias distintas de pesquisa”, explica. Animado com a iniciativa, o Presidente da FENAJ, Celso Schroder, acredita que o trabalho, que conta com patrocínio da Federação, vai ser útil na atuação dos sindicatos de jornalistas brasileiros. "Conhecer a realidade que envolve nossa profissão é fundamental para potencializar a ações em defesa dos jornalistas e do próprio jornalismo que são desenvolvidas pela FENAJ e por cada um dos 31 Sindicatos filiados", enfatizou.

A equipe de pesquisa, formada por professores e alunos de graduação, mestrado e doutorado, está desenvolvendo ações de divulgação do link para o questionário por email, redes sociais e sites de notícias. Os jornalistas são convidados a responder e a compartilhar com os colegas os links para o questionário. Fenaj, FNPJ e SBPJor ajudarão a divulgar os canais de coleta de dados.  Os jornalistas registrados que integram o plano amostral estão sendo localizados desde 17 de setembro pela internet ou por telefone e convidados a participar.

O questionário para participação direta está disponível na página da pesquisa na internet - http://perfildojornalista.ufsc.br, onde há mais informações sobre os objetivos, a equipe e os procedimentos metodológicos. O questionário também está disponível em https://pt.surveymonkey.com/s/perfil_jornal_aberto. O tempo médio de preenchimento é de apenas dez minutos.

(Mais informações com o Prof. Jacques Mick, no telefone (48) 9982-8495 ou no email jacques.mick@ ufsc.br.)
 



Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Estado da Bahia
End.: Rua Gregório de Matos (antiga Maciel de Baixo), Nº 25 - Bahia. CEP: 40.026.240
Tel.: 71 3321-1914 | Email: sinjorba@sinjorba.org.br
© Copyright 2005-2012. Todos os Direitos Reservados