Notícias

Sinjorba pede apuração enérgica de agressões a jornalistas






A diretoria do sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (Sinjorba) vem manifestar seu repúdio a agressões sofridas por uma equipe de jornalismo e sua preocupação diante do terceiro registro do tipo ocorrido este ano em cidades do extremo-oeste e extremo sul da Bahia, motivada por disputas eleitorais. O Sinjorba faz um apelo à Secretaria de Segurança Pública da Bahia para que determine apuração enérgica das ocorrências, para impedir que estas práticas se repitam e inibam a liberdade de imprensa no estado da Bahia de uma maneira geral e na cobertura das eleições municipais.

No último final de semana, o jornalista Jessé Olympio Paranhos de Azevedo e dois colegas de uma equipe de filmagem a serviço da campanha de da candidata Jusmari Oliveira, que concorre à prefeitura de Barreiras, a 905 km de Salvador, foram ameaçados por Cleríston de Carvalho Nunes, que dirigia um carro plotado com a identificação da campanha de Demir Barbosa, prefeito e candidato à reeleição em São Desidério, situado a 27 km de Barreiras. A agressão verbal e ameaças aconteceram neste município nas imediações do povoado Ponte de Terra quando a equipe de jornalismo fazia imagens da região.


Segundo o boletim de ocorrência nº 1107/2012, registrado na delegacia de São Desidério, o acusado parou o carro ao lado do veículo das vítimas e ameaçou quebrar os profissionais e o equipamento caso não parassem de filmar. Usando ainda um celular ameaçou ainda chamar reforços para “quebrar tudo”, caso os jornalistas não se retirassem imediatamente do local público e abriu o porta-malas de onde sacou um facão. A ação foi registrada pela equipe de filmagem.

O primeiro caso relacionado a eleições envolveu o jornalista Mário Bittencort agredido no dia 24/08 no aeroporto de Porto Seguro, a 707 km de Salvador, por correligionários da candidata Claudia Oliveira (PSD). O segundo caso aconteceu no município da Barra, cidade situada a 650 km de Salvador, no dia 17/09, e envolveu o jornalista Pedro Moraes, que foi atacado com palavrões e empurrões por Hamilton Pinheiro, presidente da ONG CESAB-SF (Centro de Estudo Socioambiental da São Francisco) quando a vítima apurava denúncia referentes às eleições.



Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Estado da Bahia
End.: Rua Gregório de Matos (antiga Maciel de Baixo), Nº 25 - Bahia. CEP: 40.026.240
Tel.: 71 3321-1914 | Email: sinjorba@sinjorba.org.br
© Copyright 2005-2012. Todos os Direitos Reservados