Sinjorba usará Tribuna Popular da Câmara Municipal para protestar contra MP 905

O Sinjorba vai ocupar, na tarde desta segunda-feira (02) a partir das 14h, a Tribuna Popular da Câmara de Vereadores de Salvador para denunciar a Medida Provisória 905, que extingui o registro profissional de jornalistas e radialistas.

O ato faz parte de uma série de iniciativas do Sinjorba no combate a Medida Provisória 905 e tem como objetivo chamar a atenção dos vereadores e lideranças políticas em busca de apoio contra a MP que alterou cerca de 60 artigos e 150 dispositivos da Consolidação dos Leis do Trabalho (CLT) e revogou outros 37. Além disso, a Medida Provisória pôs fim ao registro profissional de 14 profissões e prevê a possibilidade de ampliação da jornada de trabalho dos jornalistas, estabelecida no artigo 303 da CLT.

Para o presidente do Sinjorba, Moacy Neves, também é importante abrir o debate para a sociedade. “Queremos que o setor político e a sociedade fiquem sabendo disso. Isso mexe com a vida das pessoas, destrói negócios. E as pessoas que fizeram curso para as profissões, ou que ainda pagam mensalidade nas faculdades? É um governo que não tem nenhum limite republicano, o país vai demorar muito tempo para se recuperar”, protesta o sindicalista.

A sessão ordinária será realizada no Plenário Cosme de Farias e contará com a presença da diretoria do Sinjorba, de jornalistas e estudantes.

Sindicatos de jornalistas de todo país também estão mobilizados em conjunto com radialistas e estudantes de jornalismo. A Federação Nacional dos Jornalistas convocou toda categoria para o Dia Nacional de Luta em Defesa do Jornalismo, que será realizado no dia 4 de dezembro, quando a entidade enviará uma comitiva a Brasília para agenda com os presidentes da Câmara Federal, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Davi Alcolumbre.

#MP905Não

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *