Hora de fortalecer o Sindicato para enfrentar crise no setor de comunicação

Neste momento de pandemia devido à Covid-19, assim como os jornalistas estão na linha de frente na cobertura do combate ao vírus, o Sinjorba também segue ativo na defesa dos nossos interesses, em questões trabalhistas e nas discussões sobre a conjuntura. A diretoria aproveita o momento e convida a categoria para fortalecer a entidade, se filiando (aqueles que não são associados) e regularizando suas mensalidades (aqueles já filiados), para enfrentarmos a crise em condições de dar respostas a nossas demandas.
O Sinjorba continua com suas despesas financeiras normais, além das dívidas anteriores que foram renegociadas e estão sendo pagas mensalmente. Porém, no mês de março e nesta primeira quinzena de abril, a diretoria observou uma queda na receita contributiva. E para que não aconteça o comprometimento do planejamento e das ações da entidade, o sindicato solicita o apoio dos colegas para que paguem as mensalidades e regularizem suas filiações.
Segundo o presidente do Sinjorba, Moacy Neves, a arrecadação da entidade com mensalidades não faz frente às despesas normais do Sindicato. “Entre janeiro e abril deste ano, conseguimos compensar a diferença com o resultado financeiro da feijoada que promovemos no início do ano. Mas, com a crise da Covid-19 ficamos impossibilitados de promover os eventos que programamos para abril e maio, que iriam dar um fôlego ao nosso caixa”, diz ele.
Ainda de acordo com o presidente do Sinjorba, o sindicato está em uma fase produtiva de reconstrução e não pode parar neste momento, sob pena de perder parte do que foi conquistado nesses últimos oito meses de trabalho da atual gestão. “Como teremos dificuldade de angariar receita extra neste período, precisamos contar com a contribuição da categoria para passar por esta tormenta”, salienta Moacy.
A vice-presidente do Sindicato, Fernanda Gama, ressalta a importância do Sinjorba nas lutas atuais. “Em momentos de crise percebemos a importância do Sindicato. Agora a categoria enfrenta o furor patronal para reduzir salários, cortar direitos e precarizar as relações de trabalho. Juntos, Fenaj, sindicatos e categoria, conseguiram barrar a desregulamentação da profissão, que estava incluída na Medida Provisória 905. Porém, como expirou o prazo de votação no Senado, a MP será reeditada e estaremos atentos ao novo texto e na defesa da categoria”, diz.

Como regularizar sua situação

  • Envie um e-mail para secretaria@sinjorba.org.br e solicite o levantamento de seu caso. Pode também fazer esse pedido a qualquer diretor da entidade que ele encaminhará sua solicitação. No período de distanciamento social o sindicato não está atendendo presencialmente da sede do sindicato.
  • Em maio de 2019, a categoria aprovou em assembleia a anistia das dívidas com mensalidades até 2018. Portanto, o máximo atraso possível é janeiro de 2019.
  • De posse da informação dos meses em atraso você pode recolher os valores por meio das contas abaixo, enviando ao e-mail já citado uma cópia do recibo de depósito/transferência, com a informação do período que está sendo recolhido. Guarde o comprovante até que receba o recibo oficial da entidade dando quitação.
  • Dependendo da quantidade de meses em atraso é possível parcelar, sendo que a parcela mínima não pode ser menor que dois meses. Peça o acordo à secretaria da entidade.

Como se sindicalizar
Para aqueles que não são sindicalizados, basta entrar no site da entidade e seguir as recomendações contidas no link SINDICALIZAÇÃO. Tudo pode ser feito pela internet. Se quiser, clique aqui: https://sinjorba.org.br/novo/sindicalizacao/

Contas do Sindicato
Bradesco
Agência: 3567
C/C: 11642-4
CNPJ: 13.507.744/0001-49
SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DO ESTADO DA BAHIA

Caixa Econômica Federal
Agência: 0061
Operação: 003 (pessoa jurídica)
C/C: 657-0
CNPJ: 13.507.744/0001-49
SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DO ESTADO DA BAHIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *