Sinjorba e Fenaj repudiam os ataques ao jornalista Alexandre Lyrio

O Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) manifestam total solidariedade ao jornalista Alexandre Lyrio, seu associado, que vem sendo vítima de ataques corporativos e injustos por conta de matérias produzidas no jornal Correio, que tratam da forma como médicos veterinários e clínicas da área atuam na capital baiana. Os ataques, críticas, represálias e até ameaças sofridas pelo jornalista, começaram antes mesmo da publicação dos textos, quando vazou entre aqueles profissionais que o trabalho jornalístico vinha sendo produzido.
A Constituição Federal garante o livre trabalho da imprensa, bem como aos que se sentirem caluniados ou prejudicados por ausência de ética jornalística o direito de solicitarem espaço para resposta ou irem à justiça buscar reparação.
Não é o caso. Além de um trabalho de apuração exemplar, as matérias em questão não atentam contra a imagem de um ou outro profissional da Medicina Veterinária, nem generaliza os fatos trazidos à tona. Na imprensa baiana, este repórter é conhecido por seu peculiar cuidado com as informações fornecidas pelas fontes, bem como pelo zelo ético na produção de seus textos.
O Sindicato e a Fenaj lamentam a postura meramente corporativa, os ataques nas redes sociais e as ameaças sofridas por Alexandre Lyrio por parte de médicos e alguns de seus conselhos regionais. O Sinjorba vem a público atestar seu compromisso com a verdade dos fatos e com o contraditório no cotidiano de seu trabalho. Aliás, isso fica evidenciado nas próprias matérias publicadas pelo Correio, com a quantidade de fontes ouvidas, entre as quais o próprio Conselho Regional de Medicina Veterinária.

Salvador, 20 de outubro de 2020.

Moacy Neves
Presidente do Sinjorba

Maria José Braga
Presidente da Fenaj

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *