Bahia perde o jornalista Eliezer Varjão

A Bahia perdeu, hoje (6.04), o jornalista Eliezer Varjão, com 50 anos de profissão, sendo 33 deles no jornal A Tarde, onde chegou a Chefe de Reportagem e, posteriormente, Diretor de Redação.

Eliezer faleceu em São Paulo, aos 80 anos, onde estava internado no Hospital Sírio Libanês, desde o dia 26 de janeiro, quando foi transferido do Hospital Aliança, onde passava por tratamento de saúde já há quatro meses.

Varjão atuou também como assessor de imprensa em diversos órgãos públicos, trabalhando nos governos de João Durval, César Borges e Antônio Imbassahy.

Foi também diretor da Associação Baiana de Imprensa e, depois da experiência nas redações, fundou a Varjão Comunicação Integrada, empresa que completou 25 anos de mercado.

O Sindicato dos Jornalistas do Estado da Bahia vem manifestar todo o seu pesar pela morte do jornalista Eliezer Varjão, desejando conforto espiritual a todos os seus colegas de profissão, amigos e familiares, na pessoa de sua esposa Ana Varjão, com quem foi casado durante 60 anos, seus cinco filhos – Eliane, Léo, Elane Elmar e Mauricio -, seus 14 netos e um bisneto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *