Sinjorba completa 70 anos neste sábado (17)

Em 17 de abril de 1951 o Ministério do Trabalho concedeu ao Sinjorba a carta sindical, o documento oficial que reconhece à organização a condição de sindicato. Hoje, completa-se 70 anos deste ato oficial, um marco histórico de uma entidade que escreveu ao longo de sete décadas páginas e páginas de lutas, conquistas e memórias.
O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia completa 70 anos como entidade sindical, mas sua trajetória foi iniciada seis anos antes, em 14 de abril de 1945, quando foi fundada a Associação dos Jornalistas da Bahia, primeira organização de profissionais, dos trabalhadores da comunicação. Até então a categoria tinha como referência a ABI (Associação Bahiana de Imprensa), fundada em 1930.
Nestes tantos anos o Sinjorba participou de momentos importantes da história do país, inclusive durante a ditadura de 1964, quando foi fechado, sobrevivendo clandestinamente até sua reabertura sob intervenção do governo militar. Com a reabertura democrática o Sindicato experimentou um período de grande efervescência política, com a participação e dedicação de dezenas de colegas que passaram por suas diretorias, conduzindo as lutas dos milhares de jornalistas que se sindicalizaram e fortaleceram sua entidade de classe nos últimos 36 anos.
O Sinjorba vive um momento de retomada de ação após as dificuldades advindas das mudanças no setor de comunicação, da crise de vagas de emprego para jornalistas e da demora do movimento sindical em compreender as transformações no mundo do trabalho e no perfil da categoria, bem como suas implicações sobre os sindicatos. A eleição da entidade em 2019 oxigenou a diretoria para o desafio de manter a organização viva e atuante.
Mais do que nunca os jornalistas precisam ter um sindicato forte. Enfrentamos os problemas do trabalho (desemprego, baixos salários, sobrecarga, perda de direitos, precarização), violência crescente contra o exercício da profissão e os humores da política, que nos legou um governo que ataca nossos direitos (como a MP 905/2019 que pretendeu acabar com nosso registro profissional) e deslegitima nossa atuação com agressões, ameaças e incentivo a ataques físicos e virtuais.
No dia em que entidade completa 70 anos, a diretoria do Sinjorba convida os colegas baianos a participarem deste processo de reorganização e retomada das lutas. Precisamos de todos para fazer deste um sindicato forte e respeitado, pronto e preparado para defender o jornalismo e lutar pelos jornalistas.
Viva o Sinjorba, 70 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *