Sinjorba assina acordo coletivo com o Correio

Contrato garante percentual de aumento salarial e abono para profissionais em home office

Foi celebrado na terça (25), o Acordo Coletivo envolvendo o Jornal O Correio e o (Sinjorba) Sindicato dos Jornalistas da Bahia, em benefício de todos os jornalistas que trabalham na empresa. A proposta foi fechada após uma assembleia realizada na segunda (24) com a categoria e trouxe como ganhos um percentual de 2% sobre os salários a título de compensação da inflação e um abono de R$ 200,00, pagos a partir de maio/2021, para todos que estão atuando em regime de teletrabalho.

Os trabalhadores avaliaram que mesmo o índice não repondo a perda inflacionária verificada pelo Sinjorba e reivindicada à empresa, diante da grave situação do país e à luz dos acordos que vêm sendo fechados por outras categorias, o melhor a fazer neste momento era aceitar a última proposta da empresa e garantir o abono negociado.

Vale ressaltar que desde o início da pandemia e do novo formato de atuação em home office, os jornalistas tiveram perdas indiretas e viram as despesas com telefonia, internet e energia aumentarem em suas residências. O Sinjorba havia reivindicado um abono mensal de R$ 250,00 e outro valor maior, a ser pago em uma única parcela, para compensar as perdas verificadas entre maio/2020 e abril/2021, o que não foi aceito pela empresa.

A diretora do Sindicato, Carmen Vasconcelos, considerou o acordo positivo diante do cenário de crise vivenciado pelas empresas de comunicação na Bahia e no Brasil. “Infelizmente, vivemos momentos muito difíceis para a categoria, que se vê esmagada pelas dificuldades de receita das empresas e pela retração do mercado de trabalho”, completou.

Outro aspecto positivo destacado por ela diz respeito ao fato de que o novo acordo coloca o Sindicato como intermediário em quaisquer negociações que envolvam redução de jornada ou ações que impactem diretamente a vida dos trabalhadores em comunicação da empresa. “Dessa forma, reforçamos a defesa dos interesses dos colegas de modo mais efetivo”, finalizou Carmen.

O Sinjorba conquistou ainda a liberação de um dirigente sindical duas vezes por mês para a disponibilidade ao trabalho da entidade, referente aos interesses dos jornalistas do Correio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *