Home PEC do diploma Presidente da ABI defende exigência do diploma durante Fórum Nacional dos Secretários Estaduais de Comunicação

Presidente da ABI defende exigência do diploma durante Fórum Nacional dos Secretários Estaduais de Comunicação

por Sinjorba

A mobilização pela aprovação da PEC 206/12, que restabelece a obrigatoriedade do diploma de jornalista para o exercício profissional, foi mais uma vez reforçada pelo presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Octávio Costa, durante a realização do 5° Fórum Nacional das Secretarias Estaduais de Comunicação, em Brasília, dia 4 de junho.

O evento reuniu secretários estaduais de Comunicação de todo o país para discutir o cenário atual do setor, impactado pela centralidade das tecnologias de informação. O debate se estendeu, ainda, às novas formas de consumo de informação e conhecimento, inteligência artificial, impactos da desinformação, esgotamento de modelos de pesquisa e monitoramento das notícias e a falta de regulamentação da comunicação.

Exigência do diploma

Em sua palestra aos secretários estaduais, o presidente da ABI, Octávio Costa, acrescentou à pauta dos debates, com ênfase, a falta de regulamentação da profissão de jornalista no Brasil desde 2009, quando o diploma de Jornalismo deixou de ser obrigatório para o exercício da profissão.

Para Costa, “o fim da obrigatoriedade do diploma foi responsável pela precarização da profissão, além de comprometer o jornalismo de qualidade e a veracidade da informação. A profissão tem código de ética que faz falta neste momento de proliferação de notícias falsas.” Assim, “é urgente que a profissão volte a ter exigência do diploma”, acrescentou o presidente da ABI.

Octávio Costa ainda pediu aos secretários estaduais de comunicação que reforcem junto às bancadas de seus estados a pressão para que o presidente da Câmara dos Deputados, Artur Lira, coloque em pauta a votação da PEC do Diploma.

Votação da PEC

O Sinjorba tem mantido permanentemente a mobilização pela aprovação da PEC. Na semana passada o presidente do Sindicato, Moacy Neves, retornou a Brasília, onde manteve novas conversas com os deputados sobre o assunto.

“O envolvimento nessa campanha é tarefa de todo jornalista, precisamos pressionar o Congresso Nacional, fazendo contato junto às bancadas federais nos estados e ao presidente da Câmara, Artur Lira, para pautar a votação da PEC 206/2012 e garantir que ela seja aprovada” ressalta Moacy. Ele informa que dos 39 deputados federais baianos, 25 já assumiram o apoio à proposta, incluindo aí Elmar Nascimento (União) e Antonio Brito (PSD), baianos que são líderes de dois importantes partidos na Casa.

Fórum de secretários

O Fórum reúne todos os secretários estaduais de Comunicação e atualmente é presidido pelo secretário da Bahia, André Curvello. Em maio ele convidou a presidenta da Fenaj, Samira de Castro, para falar sobre a questão na 4ª edição do encontro, que aconteceu em Belém (PA).


Publicações Relacionadas