Home SinjorBA Sinjorba completa 71 anos e convoca jornalistas à união e luta

Sinjorba completa 71 anos e convoca jornalistas à união e luta

por Fernanda Gama

Hoje é 17 de abril. Na data de hoje, em 1951, o Ministério do Trabalho concedeu a Carta Sindical ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia. Era a oficialização da transformação da Associação dos Jornalistas da Bahia em entidade sindical, seis anos após seu surgimento, em 1945. Sob o comando de Heron de Alencar, seu primeiro presidente, o Sinjorba iniciava uma história que completa 71 anos (leia aqui).

E o dia de hoje não podia guardar coincidência melhor. É domingo de Páscoa, dia em que os cristãos refletem sobre sacrifício, morte e renascimento. O momento exige dedicação, coragem, determinação e vontade para reconstruir; exige sindicato, para organizar a mobilização coletiva da categoria e enfrentar os enormes desafios atuais.

Após as nefastas mudanças na legislação trabalhista, promovidas por Temer e Bolsonaro, o Brasil se transformou num dos piores países do mundo para se trabalhar (clique aqui). No nosso segmento, essas modificações trouxeram aprofundamento da precarização, com maior rebaixamento salarial, pejotização ilegal, atrasos nos pagamentos, desrespeito à jornada de 5 horas diárias (30 semanais) etc.

No dia de seu aniversário, o Sinjorba convoca os jornalistas baianos a se unirem em torno da entidade, fortalecendo-a, para resistirmos aos ataques, defendendo a dignidade da profissão e a valorização de seus profissionais. A entidade está lançando este mês duas importantes campanhas, que se desenvolverão em paralelo, em busca de uma virada em nossa organização.

Uma é a campanha por DIGNIDADE E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL, para combater a precarização da profissão. E a outra, de FORTALECIMENTO DO SINJORBA, sem dúvida, a melhor vacina para os jornalistas enfrentarem as mazelas dos dias atuais.

Nunca ter um sindicato forte e de luta foi tão importante. Nunca sua participação foi tão necessária. Viva os 71 anos do Sinjorba.

 

Deixe um comentário