Home SinjorBA Com dois meses de salários atrasados, jornalistas de A Tarde e Massa podem parar

Com dois meses de salários atrasados, jornalistas de A Tarde e Massa podem parar

por Fernanda Gama

Os trabalhadores dos jornais A TARDE e MASSA realizam uma assembleia no dia 4 de março e debaterão a possibilidade de deflagrar uma paralisação de atividades. A empresa deve os salários de dezembro e janeiro, demitiu 10 jornalistas de agosto para cá e não pagou um centavo sequer de rescisão e também não pagou o 13º salário de 2021, repetindo o que vem fazendo desde 2016.

Depois de 12 meses de pedidos de paciência e seguidos votos de confiança na direção do Grupo A TARDE, os trabalhadores se cansaram. Nessa quinta (24) o Sindicato enviou carta à direção da empresa (clique aqui) comunicando o clima de insatisfação generalizado entre os jornalistas, na qual lista novamente o rol de pendências existentes.

O sentimento entre os funcionários é de frustração porque percebem ser em vão todo sacrifício a que estão sendo submetidos há anos. Desde o primeiro semestre de 2021 houve uma redução de 25% no quadro de pessoal da redação dos dois jornais e a empresa mantém hoje quase 70% dos jornalistas sem vínculo empregatício.

Para o presidente do Sinjorba, Moacy Neves, é hora de a direção de A TARDE dizer qual é o seu projeto empresarial, pois não dá mais para cobrar dos empregados o preço da gestão atual do negócio. “Após forte redução no quadro de pessoal, diminuição de custos com contratações precárias, seis anos de congelamento salarial e redução de 10% dos vencimentos dos contratados como pessoa jurídica, a empresa não pode mais pedir paciência e tolerância aos empregados”, diz. “Colocar o salário em dia é o mínimo que estamos reivindicando hoje”, completa.

O Sinjorba informa que desde fevereiro do ano passado vem tentando mediar um entendimento, mas tem esbarrado em seguidos descumprimentos de acordos e cronogramas de pagamento, o que prejudica demais os trabalhadores. “Todos os colegas estão com dívidas, assim como não conseguem ter um mínimo planejamento financeiro pois não sabem quando receberão o salário, situação que torna a vida pessoal um inferno”, diz Moacy.

Veja mais
Jornalistas de A TARDE e MASSA fazem assembleia quarta (09)
Jornalistas do Grupo A TARDE divulgam nota e convocam assembleia

Deixe um comentário