Home Assessoria de Comunicação ENJAI 2023: Está chegando a hora e ainda dá tempo de se inscrever

ENJAI 2023: Está chegando a hora e ainda dá tempo de se inscrever

Assessoria de imprensa é a principal atividade para um terço dos jornalistas brasileiros

por Sinjorba

A realização do  22º Encontro Nacional de Jornalistas em Assessoria de Imprensa (ENJAI), em Salvador, nos próximos dias 16 a 19 deste mês de novembro, no hotel Sol Victória Marina, é uma grande oportunidade de atualização profissional e de ter participação ativa na definição de rumos para a regulamentação do trabalho de assessoria, que será uma das pautas centrais do evento.

Participar do Encontro seguramente também abre janelas para ampliar as redes de contato não apenas locais, mas em âmbito nacional, num dos setores que mais absorvem jornalistas profissionais no país e que é um mercado de trabalho em expansão.

É bom saber que as inscrições para o ENJAI continuam abertas para quem pode dispensar a modalidade que inclui hospedagem e alimentação, cujo número de vagas já foi preenchido. Lembrando, inclusive, que estudantes e profissionais aposentados pagam valores reduzidos.

Mercado de trabalho

Atualmente, mais de 1/3 dos jornalistas brasileiros (34,9%) trabalham fora da mídia convencional, contemplando atividades de assessoria de imprensa ou comunicação, produtoras de conteúdo para mídias digitais ou outras ações que utilizam conhecimento jornalístico. Desse universo, 43,4% declara que sua atividade principal é realizada em assessorias de imprensa.

Os dados são da pesquisa Perfil do Jornalista Brasileiro 2021, realizada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em parceria com diversas entidades, entre elas a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ).

Regulamentação

Os números revelam a importância do debate sobre a atualização da regulamentação profissional dos jornalistas para inclusão da função de assessor de imprensa. Esse será tema de um dos painéis de destaque do 22º Encontro Nacional de Jornalistas em Assessoria de Imprensa (ENJAI), de 16 a 19 de novembro.

“A ausência da atividade de Assessoria de Imprensa na regulamentação da profissão favorece a retirada de direitos, a precarização, os conflitos e as divergências com outras categorias da comunicação”, afirma o presidente do Sinjorba, Moacy Neves, que é também primeiro secretário da FENAJ.

Para a presidenta da FENAJ, Samira de Castro, “decorridos mais de 40 anos desde a última atualização da Regulamentação Profissional, através do Decreto nº 83.284/79 – em que pesem os avanços que o mesmo proporcionou -, é preciso uma atualização para atender as necessidades do novo contexto da profissão de jornalista, especialmente em decorrências das mudanças tecnológicas, sociais, econômicas e culturais e também para fazer o enfrentamento à precarização e à retirada de direitos”, afirma Samira, que participará de painel sobre o tema, juntamente com o advogado baiano Victor Gurgel.

Confira AQUI a programação completa do ENJAI 2023

Fonte: fenaj.org.br


Publicações Relacionadas